Press - Interviews
20th July 2005
Interview for Offline Forum

Thanatoschizo são uma das muitas promessas do metal nacional. Escusam apresentações, pois já conquistaram muitos fãs. Lançaram o seu último registo em 2004, intitulado “Turbulence”. O _OFFline_ esteve à conversa com a vocalista Patrícia Rodrigues.

1_ Antes de mais, faz uma pequena apresentação da banda, como tudo começou…
ThanatoSchizO começou a sua actividade em meados de 1998, mas com outro nome (Thanatos). Depois de uma necessária mudança de elementos, procedeu-se igualmente à procura de um nome mais original e menos vulgar, que combinasse com a banda e que dissesse muito acerca do som que praticava. Daí termos acrescentado o sufixo “schizo”, abreviatura de schizophrenia. A banda nasceu de um desejo enorme de querer fazer música capaz de violar as regras impostas e estabelecidas dentro do panorama musical nacional e também para satisfazer a vontade pessoal de expressar sentimentos e pensamentos acerca do mundo que nos rodeia e interioriza.

2_ Em 2004 lançaram “Turbulence”. Quais são as diferenças e/ou semelhanças que podemos encontrar entre “Turbulence” e “InsomniousNightLift”, o registo anterior?
A semelhança mais visível, pelo menos para nós, é o tema em que se inserem as líricas de ambos os registos. Nos dois álbuns quer eu quer o Eduardo tentámos abordar intensivamente a temática da profundidade interior do indivíduo. Entrámos nas nossas mentes e procurámos dissecar uma série de emoções colectivas. Todos nós contemos interiormente um turbilhão de mudanças que nos facilitam a adaptação a um exterior mutável. Falamos dessa viagem interior que cada um tem de fazer para superar problemas e obstáculos. Buscámos exprimir por palavras aquilo que muitos se sentem incapazes de fazer.
A nível instrumental podem-se notar quer diferenças quer semelhanças. Umas começam onde as outras acabam. Aquela toada doom/death do “InsomniousNightLift” continua a pautar o “Turbulence”, mas desta vez acrescentámos mais agressividade e melodia aos acordes. Parece um contra-senso misturar as duas coisas, mas é algo que nos satisfaz imensamente. Posso dizer que o “InsomniousNightLift” é uma reflexão para o “Turbulence”. É a calmia que antecede a catrástofe, o dilúvio, o apocalipse. Apenas depois verá o renascer e a bonança.

3_ Como tem o público reagido ao último registo da banda “Turbulence”?
Francamente bem! Não quero parecer arrogante, mas já estávamos à espera de uma reacção imensamente positiva, pelo menos da parte de quem já nos conhecia. O álbum representa uma evolução flagrante a nível de qualidade, nomeadamente no aspecto da produção. Relativamente aos media e outras pessoas que desconheciam o nosso som, a reacção foi de espanto no início, mas posteriormente esse espanto deu lugar a uma completa aceitação. Um balanço extremamente positivo até ao momento.

4_ Vocês têm algumas bandas que vos influenciaram, ou que ainda vos influenciam?
Inconscientemente, todos os músicos são influenciados pelo som que ouvem. Penso que até existe um estudo que afirma que o que ouves neste momento só te influencia passados cinco anos. Se é verdade ou não, não posso garantir. Eu não me lembro do que andava a ouvir há cinco anos atrás! No entanto posso afirmar que ThanatoSchizO não quer seguir um caminho já percorrido por outra banda. Queremos trilhar o nosso próprio percurso e fazer música original ou que pelo menos suscite o interesse por parte dos seus ouvintes. Deste modo não te posso enumerar influências musicais, porque simplesmente não as temos. Aliás, a tarefa de escolher influências seria bastante penosa, uma vez que cada elemento da banda ouve um estilo ou género diferente de música.

5_ Para quando um concerto aqui nos Açores?
Eu, e certamente muitos outros, iríamos gostar muito! [risos] Teríamos todo o gosto em tocar nos Açores. Adoraria conhecer as ilhas, pois parecem-me um local fantástico para actuar! No entanto, todas as oportunidades que têm surgido para irmos aí têm-se revelado um logro, porque nunca se chegam a concretizar. Sinceramente esperamos que este “jejum” acabe depressa e que brevemente possamos ir aí provar um pouco da vossa hospitalidade e paisagens magníficas.

6_ Têm alguns concertos marcados para fora de Portugal?
Neste momento não temos nada agendado, mas veremos o que nos proporcionará o futuro. Caso nos seja da a oportunidade e as condições, lá estaremos.

7_ Por último, querem deixar uma mensagem aos vossos fãs?
Quero agradecer o apoio incondicional das pessoas que apreciam o nosso som e que nos seguem por esse país fora, aparecendo nos concertos ou mesmo através do site. Já agora fica aqui o endereço: www.thanatoschizo.com . Garantimos nunca vos desiludir, porque permaneceremos iguais a nós mesmos e cada vez mais dif

5 CDs + 1 EP + T-shirt
€50.00 / $65.00
Size:
Qty: