Press - Reviews
14th November 2002
InsomniousNightLift review, Power Webzine

ThanatoSchizO

É com grande alegria que vejo mais um regresso em grande de uma das grandes bandas nacionais do momento. Os ThanatoSchizO lançam o seu segundo cd intitulado “Isomnousnightlift”.

Tudo começa então em 1998, quando quatro músicos decidem fazer algo diferente na já conhecida e “adormecida” onda Heavy Metal, criam então um projecto que se chamaria Thanatos. Com uma vontade expressa de levar a cena metaleira mais além e de criar um som que marcasse uma viragem na musicalidade da onda, juntam esforços para compor o seu primeiro trabalho.

Lançado pela própria banda em 1999, “Melégnia” surge então como uma verdadeira revelação, tendo sido reconhecido o seu valor pela imprensa nacional e internacional, com criticas que os fariam apostar ainda mais na sua originalidade. Este Minicd foi mesmo reconhecido como um dos maiores lançamentos do ano. Apesar das várias criticas favoráveis, eles não pararam e realizaram cerca de 60 concertos de promoção ao Minicd editado, com nomes como Sinister, Asgaroth, os bem conhecidos Tarantula e Sirius, servindo estes concertos para lançar ainda mais o grupo.

Depois desta bem sucedida estreia e de algumas alterações no line-up, decidem mudar o nome para ThanatoSchizO, devido a existiram várias outras bandas com o nome Thanatos.

Em 2001 lançam o seu primeiro album, “Schizo Level” gravado nos estúdios Rec’n’Roll no Porto. Este disco continua o caminho da banda no seu próprio estilo musical, salientando a boa produção que o poderá ter tornado um pouco mais pesado. Conciliando momentos atmosféricos com a brutalidade devida do género, os agora ThanatoSchizO conjugam então várias formas de metal, desde o Death Metal mais pesado, ao Metal mais atmosférico e melódico, passando pelo Black Metal e culminando talvez mesmo num Rock algo psicadélico. Esta forma leva-os então num caminho sem fronteiras, demonstrando assim a abertura musical destes transmontanos. Mais uma vez as “vozes” foram favoráveis.

A banda assina então pela independente inglesa Rage Of Achilles, que assegura não só a edição de “Schizo Level” a nível mundial, como a edição do novo disco para 2003, estando assegurada no nosso país pela Misdeed Records a edição do novo cd, saído no mês passado.

Regressam agora com o seu segundo trabalho intitulado “Isomnousnightlift”. Este álbum remarca o som da banda, virado-o um pouco mais para o Doom/Death Metal com uma forte componente melódica e bastante progressiva. A abrir o album , “Reminder” revela-nos um lado mais melódico dos ThanatoSchizO, rapidamente disperso quando a meio do tema, as guitarras distorcias aparecem e Eduardo revela-nos toda a sua potencialidade como vocalista, cantando com uma forte componente Death. As várias mudanças no som alternam a uma velocidade estonteante em quase todos os temas, seja a nível vocal como nas guitarras bastante bem elaboradas, compostas em grande parte pelo vocalista.

O segundo tema, “Of Lunar Water...”, mostra bem a diversidade da banda, a introdução em guitarras acústicas que continuam ao longo do tema, aliadas às rápidas mudança do som nas várias partes da música, aos riff’s pesados e às vozes “negras”, acompanhadas pela deliciosa e simpática voz da vocalista Patrícia, culmina numa mistura de atmosféricas que me deixa antever um futuro promisor a este sexteto.

O álbum segue a um ritmo infernal onde “A Promenade Portrait” é, para mim, das faixas mais pesadas do cd. As poderosas vozes do Eduardo juntamente com as geniais e devastadoras guitarras transformam este tema num poderoso culto ao metal nacional. Mas eis que chega “Sublime Loss”, na minha modesta opinião, a melhor faixa do álbum, uma verdadeira obra prima. A introdução por parte da Patrícia está demais, continuando numa onda melódica, chega a partes onde a vocalista canta acompanhada só pelo baixo e bateria, tendo uns teclados brilhantes por trás, simplesmente genial, não só a construção como as mudanças do som. Perfeito!

A mudança de ritmo continua a imperar, “Upshot Veil” numa onda mais melódica, lembrando talvez uns My Dying Bride. “The Journey’s Shiver” e “Insomnius Night Lift” faixas mais calmas e pensativas, bem construídas e com vozes limpas e seguras, aliadas a uma atmosfera depressiva, levam-nos a um estado bastante relaxante, muito agradável mesmo.

“Dance Of The Tender Leaves” revela-nos uns ThanatoSchizO mais experimentalistas, uma tentativa bem sucedida, um som calmo e atmosférico, algo progressivo e bem delineado. Quanto a “Slow-Chamber Candles Choir” e “Nightly Lift?”, as duas faixas que concluem o álbum, mostram a diversidade do som empregue.

Para terminar deixem-me dizer que gostei bastante deste álbum, é uma grande promessa desde já para o metal nacional, algo que poderá divulgar este nosso “pequeno” mas grande país, bem precisamos destas bandas que nos trazem algo diferente e importante ao metal lusitano e não só.

Carlos Pereira
5 CDs + 1 EP + T-shirt
€50.00 / $65.00
Size:
Qty: